Banner Super Topo (728x90) Géssica
Artigo

Anjos e demônios

As criaturas angélicas

Pe. Anderson Cunha

Pe. Anderson CunhaPadre Anderson Santana Cunha pertence ao clero da diocese de Assis (SP). É licenciado em Filosofia e bacharel em Teologia pela Faculdade João Paulo II de Marília (SP). Atualmente é Pároco da Paróquia São José de Florínea (SP).

18/09/2020 09h57Atualizado há 1 mês
Por: Pe. Anderson Cunha
86

Deus não só criou todas as coisas visíveis como também as coisas invisíveis. É fato que existem muitas outras coisas e criaturas que nossos olhos não podem ver. Entre os seres que não percebemos pela visão estão os anjos. As criaturas angélicas são as mais nobres na obra da criação, pois são seres inteligentes e puramente espirituais. Eles foram criados com um único objetivo: servir e louvar a Deus.

Ao falar de anjos, geralmente a primeira imagem que nos vem à cabeça é aquela de pequenas crianças fofas, com asas e auréolas. É certo que essas imagens nos ajudam a compreender quem são os anjos, mas devemos nos lembrar que eles são puro espírito, isso quer dizer que não possuem uma forma ou figura sensível, que não possuem um corpo. Mas não há nada de errado em representá-los, pois isso auxilia a nossa imaginação e, além disso, foi desta forma que eles apareceram em vários momentos na Bíblia: com aspectos humanos. 

Assim como é verdade que existem anjos, é certo também que nem todos eles permaneceram fiéis a Deus. Por soberba, ou seja, por quererem existir sem Deus ou serem iguais à Ele, alguns anjos foram expulsos do céu e desta forma se precipitaram no inferno. Sobre como isso aconteceu há diversas hipóteses. Alguns afirmam que isso teria acontecido quando os anjos tomaram conhecimento de que Deus se faria homem, e que os anjos, que são seres superiores, deveriam servir aos homens, seres inferiores. Não o sabemos com certeza.

Esses anjos caídos chamam-se demônios, e são liderados por Satanás, também chamado de Lúcifer. E, por permissão divina, essas anjos caídos podem fazer mal aos homens. A sua principal ação não é, como muitos pensam, a possessão diabólica - que existe, mas é uma obra extraordinária. Para estes casos a Igreja possui os exorcistas. Mas o demônio gasta mais tempo procurando seduzir os homens através da tentação. 

E por que os demônios tentam os homens? Fazem isso por inveja, já que vê resplandecer no homem a imagem divina: por ódio a Deus odeiam aos homens. E, além disso, não é por acaso ou descuido de Deus que tais situações acontecem, mas é para que o homem, ajudado pela graça divina e também auxiliado por seus esforços, possa alcançar o céu. Os principais remédios para não cair em tentação são: a vigilância, a oração e a mortificação.

Para concluir essas poucas palavras sobre os anjos, devo lembrá-los que todos, e não só as crianças como alguns pensam, temos um anjo da guarda. Certamente já nos aconteceu de ora ou outra sentir uma boa inspiração ou quase que ouvir uma voz que nos indicava a melhor solução. Pode ser que essas boas inspirações tenha vindo de nosso anjo da guarda. Não nos esqueçamos de sempre pedir a graça de ouvir os anjos bons e de rejeitar sempre as sugestões dos anjos maus.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.