Banner Super Topo (728x90) Géssica
ENTREVIAS

Duplicação da SP-333 segue em execução na região de Marília

Modernização de 67 km de estradas gera cerca de 1.000 vagas de empregos entre diretos e indiretos

24/09/2020 18h35Atualizado há 1 mês
Por: Redação
71
Duplicação da SP-333, trecho de Marília a Echaporã, em fase de pavimentação em alguns pontos.
Duplicação da SP-333, trecho de Marília a Echaporã, em fase de pavimentação em alguns pontos.

As obras de duplicação da SP-333 (Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros), entre Júlio Mesquita e Marília, e de Marília a Echaporã, e outras intervenções, como a construção e melhorias de passarelas de pedestres, seguem em execução pela Concessionária Entrevias.

Desde o início das restrições impostas pela Covid 19, as empresas terceiras que prestam serviço para a Entrevias foram orientadas a criarem planos de prevenção contra o novo coronavírus, e estabeleceram medidas que ajudam a reduzir os riscos de contágio. Entre elas, escala para alimentação e de assentos durante o transporte dos trabalhadores, forte sistema de higienização durante o trajeto, aferição de temperatura do pessoal e atendimento médico, se necessário.

As obras beneficiarão diretamente quem viaja pelas rodovias que cortam os municípios da região de Marília e ajudarão a facilitar o escoamento de produtos e insumos. Também contribuem na geração de postos de trabalho. Somente em agosto, considerando os dois trechos que estão sendo duplicados, um total de 67 quilômetros, foram gerados 1.047 postos de trabalho entre diretos e indiretos, segundo levantamento interno da companhia.

Andamento e execução

No trecho de 19 quilômetros de duplicação da SP-333, de Marília a Júlio Mesquita, a Entrevias já executou aproximadamente 35% do cronograma da obra. Neste momento, são desenvolvidos trabalhos de drenagem, terraplenagem e pavimentação. A previsão de término é junho de 2021, já com a execução de dois dispositivos em desnível nos km 299 e 309, e uma nova ponte no km 311.

As intervenções vão do quilômetro 295 ao 314. Iniciam quatro quilômetros antes do trevo de Júlio Mesquita, e seguem até o entroncamento com a BR 153, na saída de Marília para Lins. O cronograma prevê a construção de uma nova pista, com duas faixas de rolamento e acostamento. Um total de R$ 80 milhões de investimento.

Simultaneamente às obras do trecho iniciado em janeiro, a companhia executa, desde o fim de março, a modernização de mais 48 quilômetros de rodovias em outro ponto da SP-333, de Marília a Echaporã.  O investimento é de R$ 275 milhões e está previsto no contrato de concessão firmado com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

As intervenções tiveram início entre os quilômetros 362 e 385, cuja licença ambiental foi emitida primeiro, e logo na sequência se estenderam ao trecho dos quilômetros 337 ao 362. Cerca de 10% da obra foi concluída. As equipes trabalham com supressão de vegetação, terraplenagem, drenagem e pavimentação. A previsão de entrega para novembro de 2021.

As melhorias incluem a construção de uma nova pista com duas faixas de rolamento e acostamento, que será separada da via atual por canteiro central, e implantação de onze dispositivos em desnível na rodovia SP-333: nos quilômetros 337, 343, 350 e 354 (Marília), 356, 362, 370, 374, 377, 381 e 384 (Echaporã).

Mais segurança

Equipes também trabalham na implantação da terceira passarela de pedestres na SP-333, nas imediações do quilômetro 333,4, próximo a uma universidade de Marília. A previsão de entrega é para o final de outubro. Assim como os outros dois dispositivos de travessia entregues entre junho e julho deste ano, nos quilômetros 324,4 e 326,6 da mesma rodovia, essa terceira passarela também terá iluminação no vão central e lateral, escadas e rampas de acessibilidade.

A Concessionária também está adequando e recuperando quatro passarelas antigas ao longo da SP-333, sendo três na área urbana de Marília (329+100, 330+100 e km 333+200) e uma em Tarumã (km 423+800). Serão realizados diferentes serviços de construção civil que visam recuperar os dispositivos, como elaboração de novas fundações, rampas e inclinações, promovendo mais acessibilidade, além da inclusão de elementos metálicos de proteção e segurança, iluminação e nova sinalização vertical. No caso das passarelas localizadas nos quilômetros 423 e 333, já foi executado aproximadamente 25% do projeto. A previsão de conclusão para todas essas adequações é dezembro deste ano.

A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo – Artesp é a agência fiscalizadora – prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333.

Quer ser o primeiro a saber das notícias do Vale Paranapanema? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

  • Duplicação da SP-333 segue em execução na região de Marília
  • Duplicação da SP-333 segue em execução na região de Marília
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.